quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Plano de Saúde dos Servidores gera conflitos na Câmara

O presidente Sérgio Silva não colocou em votação o pedido de seu vice Luisinho e acarretou discussão no Plenário 
A sessão da Câmara de Três Pontas desta segunda-feira (10), tinha apenas um projeto de lei do Executivo para votação. Porém, os vereadores como de praxe e rotina pediram a inserção de outros três projetos na pauta de votações. Um deles, pedido pelo vice presidente Luis Carlos da Silva (PPS) gerou bate boca e conflitos. José Henrique Portugal (PMDB), Luisinho e Paulo Vitor da Silva (PP), questionaram a posição do presidente Sérgio Eugênio Silva (PPS), que chamou a responsabilidade para si e não colocou nem em análise do Plenário, se o projeto que cria o Plano de Saúde dos Servidores da Câmara Municipal. Apesar do projeto de Resolução ser do próprio presidente, é necessário ser uma iniciativa da Mesa Diretora que assina como autora. A revolta veio de José Henrique porque a proposta já passou por todas as Comissões, estando pronta a ser votada. O vereador Paulinho, que condena veemente a forma como as sessões vem sendo conduzidas pelo Chefe do Legislativo, disse que se a emenda apresentada por Portugal fosse o problema que ela fosse retirada. Ela determina que a Câmara custeará 85% do pagamento de sua parcela contributiva, restando 15% para os servidores que aderirem ao plano de saúde. A secretária da Mesa Diretora Alessandra Vitar Sudério Penha (PPS), amenizou as discussões afirmando que a Câmara não é um palanque político. Sérgio Silva, pois fim no embate dizendo que poderia tomar a decisão de não permitir a entrada do projeto, exigiu respeito e que demonstrou que o Plano deve ser votado nas próximas sessões.
A pauta foi então aberta com a aprovação do projeto, que autoriza o Executivo Municipal a conceder, pelo prazo de 08 anos, o uso de imóvel do patrimônio, uma gleba de terra de 7 mil metros quadrados na região dos Quatis, na Estrada Três Pontas-Boa Vista Km 0, mediante procedimento licitatório e ao cumprimento dos encargos.
Os outros dois projetos votados tem o mesmo objetivo, de incentivar a industrialização. No primeiro, autoriza a Prefeitura a conceder o direito real de uso de um imóvel do patrimônio com área de 17.719,45 m² no Distrito Industrial do Município de Três Pontas, pelo prazo de 10 anos ininterruptos, para fins industriais e/ou comerciais. O outro já é um terreno de 11.420,07 m², no mesmo local, com o mesmo prazo. Todos foram aprovados por unanimidade.

Carro pega fogo e para a MG 167




Um veiculo pegou fogo na rodovia MG 167, entre Três Pontas e Varginha, na manhã desta quinta-feira (13). O empresário Carlos Donizete Faria de 52 anos seguia sentido Três Pontas, quando ao passar pela Fazenda Zaroca, percebeu uma fumaça saindo de dentro da caminhonete Ranger Rouver. Poucos metros depois ele parou e ao abrir o capô, o veículo já estava pegando fogo. Ninguém se feriu, mas o carro avaliado em R$130 mil foi totalmente consumido pelas chamas. Nenhuma polícia compareceu no local do acidente. A equipe dos SOS Socorristas Voluntários foi quem fechou o trânsito nas duas pistas. Alguns motoristas usaram uma estrada de terra ao lado para atravessar o trecho. Houve congestionamento. O caminhão pipa da Prefeitura foi chamado e conteve as chamas. Difícil foi conter a paciência dos motoristas que queriam a todo custo passar, correndo risco, já que a todo momento havia pequenas explosões.
O caso foi a cerca de 200 metros, de onde na tarde desta quarta-feira (12), um casal morreu ao bater em um caminhão.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Duas pessoas morrem em acidente na MG 167, próximo da Zaroca

Um casal morreu na tarde desta quarta-feira (12), em um grave acidente na rodovia MG 167, entre Três Pontas e Varginha. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária Estadual, Dari Pereira de 71 anos seguia em um Vectra sentido Três Pontas. Quando tentou ultrapassar dois veículos na curva próximo da Fazenda Zaroca, ele perdeu o controle da direção, rodou na pista e bateu de frente com um caminhão tanque de Santana da Vargem que trafegava sentido contrário e transportava combustível. Com o impacto da batida, a sua esposa Elza de Souza Silva de 55 anos foi lançada para fora e morreu na hora. Ele ficou preso nas ferragens e foi retirado com vida pela equipe do SOS Socorristas Voluntários com o apoio de populares, levado para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Três Pontas, mas morreu em seguida. Chovia na hora do acidente.
Dari Pereira é natural de Governador Valadares, mas tem familiares em Três Corações, mesma cidade de onde é o carro que ele dirigia. Já ela nasceu em Pindamonhangaba (SP). O motorista do caminhão Sérgio Fernandes Ribeiro de 55 anos não sofreu ferimentos, mas foi encaminhado ao PAM em estado de choque. A Perícia da Polícia Civil compareceu no local e vai investigar as causas do acidente. Os corpos serão levados para o IML de Varginha e em seguida, o corpo dele será levado para Três Corações e o dela para Tremembé (SP).





terça-feira, 11 de novembro de 2014

WEB LIGADA – A cidade em destaque

NOSSA MÃE – A comunidade trespontana participa desde o último dia 5, da novena pela beatificação da Serva de Deus, Madre Tereza Margarida do Coração de Maria, a “Nossa Mãe”, que este ano completa o 9º aniversário de sua morte. Nossa Mãe foi a fundadora do Carmelo São José de Três Pontas. São dois horários de celebrações, no Carmelo São José as 7 da manhã e as 19 horas, sempre com um celebrante diferente.  Na sexta-feira (14), é o dia do falecimento da candidata a Santa.
ANJOS DA GUARDA – É assim que também podem ser chamados a equipe dos Socorristas Voluntários que estão atuando em Três Pontas. Eles estão prontos e qualificados para atender diversas situações e não apenas acidentes de trânsito. Por várias vezes, gente que passou mal na rua eles atenderam, oferecendo os fundamentais primeiros socorros ainda no local, até a chegada da ambulância para transportar até o Pronto Atendimento Municipal (PAM). Em muitos casos eles contam com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM).
No domingo (09), um motociclista que estava a 17 de Três Pontas, na estrada para Nepomuceno atingiu um bezerro e com o impacto da batida foi lançado em um barranco, recebeu os atendimentos dos Socorristas Voluntários. Uma situação dramática foi o socorro a um menino de 10 anos que foi atropelado no bairro Padre Victor. Quando a equipe chegou a família estava em prantos, sem saber como proceder e eles fizeram o trabalho necessário.
O trabalho é voluntário, não custa nada e ninguém tem interesse político. Eles fazem por amor ao próximo. O apoio vem de empresas e pessoas que se solidarizam e reconhecem a importância que eles tem para a cidade. Quem quiser e poder ajudar, com materiais, combustível ou outras ajudas, entre em contato pelo telefone (035) 9883-4993.
CURSOS TÉCNICOS – Estão abertas as inscrições para os cursos técnicos gratuitos de Administração e Eventos. Os cursos são à distância, promovidos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IFSudesteMG). As inscrições serão realizadas até o dia 11 de janeiro de 2015 pelo site: copese.ifsudestemg.edu.br ou no endereço: Rua Barão da Boa Esperança, 198 (Antiga Escola Solange). Somente os alunos que esteja cursando o 3º ano do Ensino Médio, ou já formaram podem se inscrever e participar. São 50 vagas para cada curso disponível em Três Pontas, com a duração de um ano e meio. O Processo Seletivo é feito através de sorteio. Para maiores informações basta ligar: 3265-4152 ou 3265-1321.
CORRIDA – A Associação de Atletismo de Três Pontas (AATP) realizou no último domingo (09), a 5ª Corrida Rústica Mirim. A largada aconteceu na Praça Cônego Victor e o percurso de 3,5 km foi realizado com sucesso pelos corredores. A premiação foi do 1º ao 5º colocado, nas categorias de 10 a 12 anos, de 13 a 15, 16 e 17 anos e na categoria especial, todas no masculino e feminino. O evento que contou com a participação de 57 atletas inclusive da região, teve o apoio da Prefeitura de Três Pontas, através da Secretaria Municipal de Esportes.


ETE LAVRAS – Vereadores de Lavras encerraram n esta segunda-feira (01), os trabalhos de uma CPI, Comissão Parlamentar de Inquérito, que investigou denúncia de que uma Estação de Tratamento de Esgoto não estaria tratando o esgoto antes de jogá-lo no Ribeirão Santa Cruz. Análises técnicas da água do Ribeirão foram feitas pelo Departamento de Engenharia da Universidade Federal de Lavras e comprovam contaminação. A Copasa informou através de nota que a Estação de Tratamento de Esgoto citada na CPI atende somente o bairro Vista Alegre e parte do Centro Empresarial de Lavras, e representa 0,4% do esgoto coletado e tratado na cidade. A amostra em questão refere-se a um lançamento pontual de esgoto ocasionado por um acidente ou descarga indevida. A Copasa informa ainda que as outras duas Estações de Tratamento de Esgoto de Lavras têm capacidade para coletar e tratar 100 %do esgoto doméstico da cidade.

Alessandra defende o Executivo, Antônio critica o trânsito e Itamar a saúde


Na reunião ordinária da Câmara Municipal de Três Pontas desta segunda-feira (10), três projetos foram votados e aprovados e vários assuntos como sempre, foram abordados no Pequeno Expediente.
A vereadora Valéria Evangelista (PPS), ressaltou que semana passada esteve em Belo Horizonte na Assembleia Legislativa (ALMG), visitando os deputados, que apoiou nas eleições. Ela os cumprimentou pela vitória e conversou sobre parcerias para os próximos anos em prol do desenvolvimento da cidade.
Ainda na Capital, acompanhou o parlamento jovem da Casa Legislativa que em breve será implantado em Três Pontas, com a finalidade de politizar adolescentes e jovens envolvendo escolas e a sociedade, os preparando para o futuro politico. A parlamentar aproveitou o tempo para divulgar que nesta nesta terça-feira (11),  as 9 horas no Plenário Presidente Tancredo Neves da Câmara Municipal haverá uma reunião do Conselho da Mulher com  a presença de todos seus membros.
O vereador Antônio Carlos de Lima(PSD), o Antônio do Lázaro, falou que muitos cidadãos estão indignados com as mudanças que vem sendo feitas no trânsito da cidade e destacou duas ruas. A Dos Expedicionários próximo da Fateps que virou mão única e  na Praça Tristão Nogueira em frente ao Xavier, onde um trecho foi fechado. “Está tudo uma bagunça, há congestionamento de veículos na praça, nem pedestres e nem motoristas se respeitam. Providências precisam ser tomadas”, cobrou Antônio.
A secretária da Mesa Diretora Alessandra Sudério (PPS), fez um discurso na Tribuna em tom de desabafo, por isto, disse que pensou muito antes de fazer as colocações. Ele desafiou os vereadores e o público, pequeno nesta sessão, a pensar e refletir no que vem sendo feito pelo Poder Executivo. Como vereadora da base, pediu o envio de um ofício ao prefeito Paulo Luis Rabello parabenizando pela grande gestão que ele vem fazendo. Reiterou que em apenas  dois anos  mais de 63% do seu Plano de Governo foi cumprido. “Tem pessoas que denigrem seu nome, sua família, isto é muito ruim. Mas ele não mede esforços para trabalhar”. Como exemplo das conquistas, Alessandrea citou a construção de mais de 300 casas, o pagamento de fornecedores, salários atrasados, obras inacabadas sendo terminadas, ruas limpas, praças restauradas, entre outras coisas. Ela ainda disse” temos que ter gratidão pelo que ele fez no passado e faz no presente. Agradeço aos companheiros vereadores que tem compartilhado com a Administração”, terminou.
José Henrique Portugal (PMDB) pediu o envio de oficio empresa THEGA pelo sucesso de suas atividades em Três Pontas, gerando dezenas de empregos aos trespontanos.  Ainda disse que viajando pela MG 167 entre Três Pontas e Varginha, observou o estacamento do trecho de estrada e espera que em breve aconteça a construção da tão sonhada terceira faixa, sua principal bandeira na vereança. Outra ponto de sua manifestação, foi a Audiência pública do SAAE realizada na semana passada. Portugal demonstra preocupação com o projeto que envolve aumento na tarifa da autarquia. Na visão dele, tem que haver investimentos sem aumentar impostos à população, buscando alternativas, a exemplo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE)., perdida ano passado. Ele antecipou que é contra qualquer projeto desta natureza que for protocolado na Câmara.
O vereador Itamar Diniz começou falando que a saúde e a menina dos olhos da sociedade, mas que o município tem ganho mandados de segurança que tem sido julgado improcedente. A Prefeitura alega que isto é custeio do Estado, porém, fica o questionamento do problema já que as pessoas  não tem condições de fazer exames, cirurgias e por isso entram na justiça. Qual é a providencia do município quando ganha, questiona Diniz. O parlamentar sugeriu a criação de uma Defensoria Pública Municipal, para que possa resolver este problema, já que do jeito que está o doente fica a ver navios. “Existe, para tudo, para o Bolsa Familia, para a compra de carro e para a saúde tem que haver uma soluação”, alfinetou.
Enviar

sábado, 8 de novembro de 2014

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

SINFAS comemora 22 anos de fundação



O Sindicato dos Servidores Ativos e Inativos do Município de Três Pontas (SINFAS), está comemorando em 2014, 22 anos de fundação. Foi com muita luta e trabalho que o sindicato que defende os interesses dos servidores municipais foi criado. Começou como uma associação e depois se transformou em um sindicato forte, sólido, que atua na defesa daqueles que dedicam seus dias em prol da cidade de Três Pontas.

De acordo com o atual presidente Valdeci Inácio de Assis, o início de tudo foi no dia 07 de janeiro de 1992. Através de um movimento de rua, com lideranças e sindicalistas que não aceitavam mais a perseguição na Administração Pública e queriam garantir o direito dos servidores. Alguns nomes não podem ser esquecidos quando o assunto é a fundação do Sinfas. Valdeci cita Caio Brito, Vicente Antônio, Afonso Carvalho e Vitor Bárbara, entre outros que lutaram pelo direito e qualidade de vida dos funcionários públicos. A primeira sede foi na Rua Minas Gerais, onde permaneceu durante muitos anos. Hoje, a entidade está localizada na Rua Imperatriz Leopoldina 16, no centro.

Atualmente conta com 600 associados, a metade do número de servidores, mas poderiam ser mais o que deixaria o Sinfas ainda mais forte,  representativo, trazendo mais benefícios para a classe. “Muitos tem receio de se associar, com medo de perseguição política e nem contato com o sindicato tem”, disse. Os destinos e decisões são tomadas em assembléia que não contam com um grande número de associados, porém, o sindicato nunca se furtou em defender qualquer um que seja.

Valdeci Inácio é presidente há 6 anos e afirma que a luta nunca termina. O momento mais difícil que passou na sua gestão, foi a implantação do Plano de Cargos e Salários, que nunca foi colocado em prática, mas com muita luta e persistência, em 2012 ele foi sancionado, não totalmente e até hoje, o pedido é que ele seja colocado em prática na sua totalidade, o mais breve possível.

O líder sindical conta que hoje existe um diálogo com o Poder Executivo, que dá a oportunidade de argumentar. “Nem sempre conseguimos tudo, mas pelo menos encontramos as portas abertas e temos a chance de argumentarmos, o que evita problemas futuros, como por exemplo, ter que usar a justiça, um caminho mais longo. Mas quando é preciso, ela é acionada”, revela Valdeci.

Os convênios firmados ajudam e muito na qualidade de vida dos associados. Dentistas, psicólogos, farmácias, supermercados e outros estabelecimentos, são parceiros do Sinfas e oferecem além de descontos, a comodidade. O serviço mais procurado é o convênio médico com a UNIMED, o grande chamariz dos servidores, que necessitam de especialidades que infelizmente não são encontrados facilmente na rede pública de saúde.

Cada filiado contribui mensalmente com 2% do seu salário base e contam em sua sede com três funcionárias que trabalham de 8:00 da manhã as 19 horas.

Com mais de dois anos de mandato pela frente, Valdeci Inácio agradece a todos os ex presidentes que com muita luta, força e dedicação sonharam e batalharam por entidade forte.
Foto mostra uma das primeiras manifestações realizadas pelo Sindicato dos Servidores

Ainda na Câmara ...

Na sessão ordinária desta segunda-feira (03), o vereador Itamar Antônio Diniz (PRTB), questionou quanto a liberação da ata das sessões ordinárias. Na semana anterior, Diniz disse que na sexta-feira o documento ainda não estava pronto para análise. O presidente Sérgio Silva explicou que foi feita uma portaria determinando que ela fique pronta até 24 horas antes da próxima sessão. Diniz questiona que o servidor tem uma semana para fazer e o vereador apenas um dia para verificar o documento, que é votado todo início de sessão.
A leitura das correspondências, registrou a inscrição dos candidatos a Mesa Diretora. O cargo mais cobiçado é o de presidente que será disputado por José Henrique Portugal (PMDB), Vitor Bárbara (PDT) e Paulo Victor da Silva (PP). Candidatos a vice e secretários da Mesa são: Geraldo Messias Cabral (PDT), Valéria Evangelista (PPS) e também Paulinho. Outros nomes vão surgir, como do ex-presidente Luis Carlos da Silva (PPS). Nos bastidores já há muitas negociações para a composição da Mesa.
O vereador José Henrique Portugal solicitou o envio de dois ofícios – a Polícia Militar e a Polícia Civil, com cópia ao Ministério Público, pedindo maior policiamento nos horários de entrada  saída dos alunos da Escola Estadual Jacy Junqueira Gazola. As brigas voltaram a ser registradas nas proximidades do estabelecimento educacional. O vereador apresentou também em Plenário para serem inseridas no Orçamento de 2015, algumas emendas com pedidos que chamam a atenção. A construção de um Velório e de uma quadra poliesportiva no Distrito do Pontalete; verba de auxilio no transporte de alunos que estudam em Varginha; recursos para a aquisição de instrumentos musicais e materiais diversos para o Conservatório Municipal Heitor Villa Lobos; instalação de passarelas na Avenida Oswaldo Cruz e na Avenida Conceição Queiroz; pavimentação da entrada do Motel Paraíso até as proximidades da Fábrica de Brinquedos Estrela, passando pelo Foguetinho; apoio as comemorações da Semana do Motociclista, entre outros pedidos.
O vereador Francisco Fabiano Diniz (PSD), o professor Popó, afirmou que até que enfim recebeu o relatório das castrações feitas pela Vigilância Sanitária. Popó duvida destes números e quer a ficha individual de cada animal castrado e desabafou: “Se realmente fizeram esta quantidade de castrações, coisa que não acredito, eu renuncio ao meu mandato de vereador”.

Já está em vigor aumento da gasolina de 3% e do diesel de 5%


Reajuste está valendo desde a 0h de hoje. Com a alta, mercado espera por uma inflação de 6,63% em 12 meses, portanto acima do teto da meta estipulada pelo Banco Central, que é de 6,5%
Brasília – A Petrobras anunciou aumento de 3% no preço da gasolina e de 5% no diesel nas refinarias. O reajuste entrou em vigor a meia-noite desta sexta-feira. A tendência é de que os postos de abastecimento repassem o índice cheio para o preço do litro vendido na bomba, que recairá direto para os consumidores. Levando em conta o preço médio atual praticado nos postos de Belo Horizonte e o repasse na íntegra do reajuste da Petrobras aos consumidores, o litro da gasolina saltaria para algo em torno de R$ 2,90. Já no caso do diesel, caso o reajuste integral seja repassado pelos postos o valor do litro passará para R$ 2,60, em média.
A diretoria da estatal vinha pressionando o governo para ser autorizada a praticar uma elevação dos preços dos combustíveis para reequilibrar suas contas. De janeiro a setembro deste ano, a companhia amargou prejuízo de R$ 60 bilhões por conta da defasagem de 17% decorrente da diferença entre o que a petroleira estava pagando pelo combustível no mercado internacional e o preço que estava vendendo no mercado doméstico.
Apenas nas últimas semanas, com a forte queda no preço do petróleo no mercado internacional e a recente valorização cambial, a estatal passou a importar e vender o combustível sem prejuízo. Porém, o rombo no caixa é grande. A Petrobras é a companhia petrolífera mais endividada do mundo, com dívidas que passam de R$ 300 bilhões. Tanto que a presidente da companhia, Graça Foster, chegou a sugerir um percentual de reajuste de 8%, bem acima do concedido ontem pelo governo, que está segurando uma elevação mais alta por causa do impacto do reajuste na inflação.
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatatística, a gasolina compromete 3,74% do orçamento familiar. Pelos cálculos do economista André Braz, da Fundação Getulio Vargas (FGV), isso significa que para cada 1% de aumento, a gasolina impactará em 0,04 ponto percentual o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Com um reajuste de 3% o impacto será de 0,12 ponto percentual. Já o óleo diesel compromete fração bem menor do orçamento familiar, conforme o IBGE, de 0,14%. Com esse peso, para cada 1% de alta, o impacto será de 0,001 ponto percentual. Com aumento de 5%, o índice subirá 0,005 ponto percentual. O IPCA será divulgado hoje e o mercado espera por uma inflação de 6,63% em 12 meses, portanto acima do teto da meta estipulada pelo Banco Central, que é de 6,5%.
Até ontem, o último reajuste autorizado para a Petrobras tinha sido em 30 de novembro do ano passado, quando anunciou aumento médio de 4% na gasolina e de 8% no diesel nas refinarias.Na época, especialistas calcularam que a alta da gasolina ao consumidor final seria de cerca de 3%, entretanto, a maioria dos postos acabou aplicando o índice integral. É o que deve ocorrer novamente.
Etanol
O ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, presidente do conselho deliberativo da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), afirmou ontem que o reajuste de 3% da gasolina nas refinarias não deve melhorar a margem do etanol, mas o repasse da alta de 5% no valor do diesel ampliará os custos do setor. O diesel é o combustível mais utilizado em tratores e caminhões na produção e transporte, tanto da cana quanto do etanol por parte das usinas. “O aumento diesel é mais custo para o nível de rentabilidade do etanol e essa alta não beneficia nada”, disse Rodrigues, salientando que a principal demanda do setor no curto prazo é o retorno da cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre a gasolina. “O que tem de funcional para nós é a Cide e espero que ressurja com o tempo.” (Fonte: Estado de Minas)

Liminar isenta Prefeitura de Alfenas, cuidar da iluminação pública

A cidade de Alfenas, acaba de conseguir uma liminar na justiça que autoriza a prefeitura a não assumir a manutenção da iluminação pública. Uma resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determina que o serviço passe a ser de responsabilidade dos municípios a partir de 2015, mas algumas prefeituras alegam falta de condições para arcar com a nova despesa.
Em Alfenas, a administração municipal estima que o impacto da resolução da Aneel nos cofres públicos seria de pelo menos R$ 1 milhão por ano se já estivesse em vigor. Atualmente, são as concessionárias de energia elétrica que cuidam de serviços como a troca de lâmpadas e reatores.
Para conseguir a liminar, a Procuradoria Geral do Município questionou a constitucionalidade da resolução. A Aneel informou que ainda não foi comunicada oficialmente sobre a decisão judicial.
Em Divisa Nova, uma liminar semelhante saiu em agosto de 2013 depois que a prefeitura recorreu judicialmente da determinação da agência. A Aneel entrou com recurso e perdeu, mas o processo continua em análise na Justiça Federal.
De acordo com a prefeitura de Divisa Nova, para manter a iluminação pública para os cerca de 5 mil moradores, seria necessário desembolsar em torno de R$ 70 mil anualmente.
A resolução da Aneel é de 2010. Inicialmente, entraria em vigor em 2012, mas uma intervenção dos municípios conseguiu adiar a data para 2015. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios, a responsabilidade sobre a iluminação pública pode afetar 28% do orçamento de pequenas e médias cidades.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

PROJETO SOCIAL: Felicidade Semeando o Futuro realiza evento em Três Pontas

Os acadêmicos do 5º período de Administração da Faceca promoverão no sábado, dia 8 de novembro, das 9 h às 13 horas na Praça Cônego Vitor  em Três Pontas  um projeto social voltado para a Terceira Idade.
Este projeto visa oferecer aos idosos, um dia especial com muita animação, através de atividades culturais que serão realizadas no local, tais como área de saúde, cabeleireiros, maquiadoras, nutricionistas, aula de pi lates e zumba, sorteio de brindes, música,recolhimento de pilhas e baterias, feira de trocas e orientações relacionadas ao meio ambiente que visa também à conscientização da sociedade para um mundo melhor e sustentável!
“Este projeto além de um grande aprendizado é uma forma no qual nós alunos da Administração tem como conscientizar a sociedade da importância davalorizar a Terceira Idade, a fim de promover o bem estar, presenteando e alegrando nossos idosos e proporcionando um dia especial dedicado a eles. Aproveitando também para alertar a população sobre o meio ambiente e conscientizá-los a preservar nosso planeta. Gostaríamos de convidar a todos para participar deste dia especial conosco,”convida a Presidente do projeto, Elaine Cristina Tavares.
O evento conta com a participação de Três Pontas e Região.

Morre “Seu Raul”, o rei do peixe de Três Pontas


Morreu aos 81 anos de idade na noite desta segunda-feira (03), Raul Valério Corrêa, o popular Seu Raul. Ele foi internado a tarde no Hospital Humanitas de Varginha, mas lutava contra um câncer no pâncreas e no pulmão. O comerciante já havia sido curado da mesma doença que atingiu o estomago a exatamente um ano.
Ele nasceu no Distrito do Quilombo Nossa Senhora do Rosário, antigo Martinho Campos, filho de Manuel Gomes da Silva e Maria Perciliana de Jesus. Foi casado com Dona Maria de Jesus Corrêa, que faleceu a 6 anos, com quem teve cinco filhos – Batata, Reginaldo, Agnaldo, Leila e Neide. Esta última morreu aos 33 anos de idade também vítima de câncer. Estes lhe deu 12 netos.
O Rei do Peixe de Três Pontas, como é conhecido desde 1974, deixou Seu Raul famoso com o tira gosto que é o prato principal servido em seu estabelecimento na Praça da Avenida Brasil.
Ao longo dos anos, Seu Raul foi se afastando das atividades do bar, mas gostava de estar sempre perto. Seus filhos mantém a tradição de 40 anos de servir um delicioso peixe frito, que conquista o paladar de trespontanos e de muitas pessoas que visitam a Terra do Café e não vão embora sem experimentar o prato.
O corpo de Raul Corrêa chegou as 23:40 no Velório Municipal onde está sendo velado. O sepultamento será nesta terça-feira (4) as 12 horas.

Sessão da Câmara deve voltar para as 18:30 de novo

  • Horário de verão está entre as justificativas da mudança
Ao que tudo indica, as Sessões Ordinárias da Câmara Municipal de Três Pontas devem voltar a ser realizada a partir das 18h30 minutos. Uma nova mudança tende a acontecer, já que a maioria demonstrou ser favorável a volta do horário antigo.
A pauta da sessão desta segunda-feira (03), estava vazia, mas após as manifestações no Pequeno Expediente começaram os pedidos para compor a noite de votações no Plenário Presidente Tancredo Neves. Foram quatro pedidos, mas apenas três foram os itens discutidos todos aprovados, com alguns votos contrários.
Dos vereadores Geraldo Messias Cabral e Vitor Bárbara, ambos do PDT, foi aprovada uma Moção de Aplausos ao Superintendente da Cooperativa da Zona de Três Pontas, a Cocatrel, Manoel Rabelo Piedade, que tem 50 anos dedicados ao cooperativismo.
Depois, o projeto de lei 125 de 27 de outubro que autoriza o Poder Executivo a celebrar contrato de locação de um imóvel industrial localizado no perímetro urbano que não poderá ter galpão inferior a 100 metros quadrados, com prazo de locação de até 24 meses, a contar da data da assinatura do contrato. O valor do aluguel não pode exceder R$ 2 mil durante todo o período de locação. O assunto sempre gera as manifestações do vereador Paulo Vitor da Silva, que ocupou a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, quando para fazer uma doação de uma área ou imóvel, ou o pagamento de um aluguel a fim de incentivar a expansão industrial e comercial, bastava ter um projeto aprovado pela Câmara. Porém, desde janeiro de 2013, o Executivo segue uma orientação do Ministério Público e adotou o processo licitatório para conceder os benefícios abrindo a concorrência para quem se interessar. Antônio do Lázaro (PSD) e José Henrique Portugal (PMDB) votaram contra.
O que mais rendeu foi a proposta apresentada pelo vereador Geraldo Messias com apoio da maioria, de voltar para as 18h30 minutos a sessão ordinária de toda segunda-feira. A questão do horário de verão e a impossibilidade de quem sai mais tarde do trabalho participar das reuniões, motivou a volta do antigo horário.
Há vários pontos que foram questionados pelo vice presidente da Câmara Luis Carlos da Silva (PPS). Ele usou a Tribuna para explicar. O projeto que muda a Lei Orgânica não foi protocolado, mas, de forma cordial foi aceito pela Mesa Diretora durante a sessão. Outro ponto conflitante, é que Geraldo colocou que a iniciativa é da Mesa Diretora, porém, não é. Ele tem a maioria para propor a mudança. “Concordo que deve voltar para as 18 horas, mas ele nem passou pelo protocolo e não revogamos a lei anterior”, disse Luisinho.
A Lei Orgânica de anos atrás, determinava a sessão as 16 horas, depois mudou para as 18:30. José Henrique lembrou que a votação precisa ser em dois turnos (escrutínios) e de 10 votos para voltar em Plenário após 10 dias. Porém, 12 vereadores já assinaram. Rebatendo a fala de Luis Carlos, Portugal lembra que é uma lógica que aprovando a sessão meia hora mais cedo, a outra lei está revogada. Depois sugeriu que os vereadores que assinaram, sejam os autores da proposta, ao invés da Mesa. Ao elogiar a perspicácia do ex-presidente e candidato em campanha ao cargo de Chefe do Legislativo, Sérgio Silva quase soltou um futuro presidente, ao falar de Portugal.
A sessão mudou de horário a pedido da vereadora Alessandra Sudério e ela foi a única contrária desta vez. Para ser efetivada a volta das reuniões para as 18 horas, o projeto deve voltar daqui a 15 dias em votação e ao que tudo indica deve passar.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

FALTA DE CHUVA – SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA entra em vigor nesta segunda-feira


A partir desta segunda-feira (03), é que oficialmente o Município de Três Pontas entra em Situação de Emergência decretada pelo prefeito Paulo Luis Rabello (PPS). O documento atestando a situação foi assinado no dia 17 de outubro, em uma entrevista coletiva. A partir desta data, a população entrou em alerta e, diante da divulgação de que um possível racionamento não está descartado, se não houver economia, é que o assunto é um dos mais comentados nas redes sociais. Fotos de pessoas desperdiçando ou gastando água de forma desnecessária ganhou as páginas do Facebook. A Situação de Emergência é válida por 60 dias, mas pode ser prorrogada. A estiagem já dura dias e a pouca chuva que caiu é insignificante diante da maior estiagem da história.
Os baixos níveis de vazão do Córrego Custodinho e do Sistema de Sete Cachoeiras, preocupam o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), que iniciou uma grande campanha de conscientização, para o uso racional de água. O Decreto, tem o intuito de evitar o racionamento de água, mas já aplica sanções para quem gastar além do que vinha gastando.
A cidade é abastecida pelos ribeirões Sete Cachoeiras, Custodinho, Formiga e Quatis. O Custodinho quando cai a vazão, o que tem acontecido com freqüência, só fica uma bomba ligada, fazendo a adução dos Quatis e Formiga, para segurar a defasagem. As bombas estão trabalhando 24 horas por dia, no máximo de sua capacidade, principalmente o sistema Sete Cachoeiras.
Durante o período de vigência do Estado de Emergência, está proibido, lavar calçadas, veículos, frente de imóveis ou vias públicas, abastecimento de piscinas ou outras medidas que caracterize desperdício. Para quem desobedecer e for denunciado ao SAAE, pagará multa no valor de R$90,53. O valor é dobrado em caso de reincidência e pode chegar até a suspensão do fornecimento, após a terceira vez.  O SAAE já está fazendo um levantamento do consumo médio de todas as unidades consumidoras, dos últimos seis meses e sendo detectado que houve um aumento, sanções estão previstas, incluindo também a multa.
A denúncia precisa ser formalizada através do 0800 035 2444, ou do sitewww.saaetpo.mg.gov.br/atendimento e, não pode ser no anonimato. O Ministério Público também será comunicado já que o desperdício é crime ambiental. As medidas só não se aplicam às casas de saúde, hospitais e órgãos que prestem serviços públicos essenciais e construções e ou reformas de imóveis, desde que promovam o uso racional da água.
Cada trespontano consome uma média 200 litros de água por dia,quando o ideal seria pelo menos 150 litros e, em tempos de economia extrema, o recomendado é reduzir para 110 litros.
Nas comunidades rurais nascentes estão secando e deixando famílias sem água. Locais que havia água com fartura vivem outra realidade, diante de uma estiagem que não parece ter fim. A seca atinge produções e plantações. O socorro foi a construção de poços artesianos e cisternas, para tentar amenizar o problema. (Foto: Cedida pelo SAAE – tirada no dia 10 de outubro as 15:00 no Córrego Custodinho)
Enviar

WEB LIGADA – AS RAPIDINHAS DA CIDADE

CERCO DE JERICÓ – O Cerco de Jericó será aberto na missa na Matriz D’Ajuda neste domingo (02). Após a celebração, os participantes seguem em procissão até o Salão Paroquial, onde acontece a campanha. Durante sete dias e sete noites, ininterruptamente o Santíssimo Sacramento fica exposto e as pessoas permanecem em oração constante. O Cerco termina no próximo domingo dia 09.  
IPREV – O Município de Três Pontas realizou entre os dias 29 e 31 de outubro o III Encontro de Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) de Minas Gerais. O evento abordou diversos assuntos, referente à Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Três Pontas e foi realizado no Salão Nobre do Clube de Campo Catumbi. Na solenidade de abertura o prefeito Paulo Luís Rabello disse se sentir orgulhoso de ser um cumpridor de leis e sempre primar pelo cuidado, atenção e respeito para com os servidores, como por exemplo na questão dos recolhimentos dos tributos (direitos trabalhistas) de cada trabalhador.
ORÇAMENTO DE 2015 – A Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara Municipal de Três Pontas, está convidando toda população trespontana para a Audiência Pública que acontece nesta próxima terça-feira (04), as 18:30 no Plenário da Câmara Municipal.  Quem estiver presente, poderá analisar e discutir sobre o Orçamento do Município para o Exercício 2015. Esta é uma oportunidade que a população tem de apresentar sugestões para ajudar a cidade. O orçamento de todo o Município, incluindo SAAE, IPREV e Câmara é de R$114.232.579,84. 
MULHERES EMPREENDEDORAS – O Grupo Mulheres Empreendedoras fecharam o mês de outubro, com uma palestra realizada para mulheres da comunidade Morro Vermelho, sobre o câncer de mama. A ação faz parte das comemorações do Outubro Rosa. A conversa com as moradoras foi da médica Maria Cristina Kamizaki Lima. Depois teve sorteio de brindes e foi servido um café.

Policial Militar de Santana da Vargem se envolve em acidente no centro de TP



Um policial militar de Santana da Vargem foi encaminhado ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), depois de sofrer alguns ferimentos em um acidente no centro de Três Pontas. O policial André Eustáquio Ribeiro de 38 anos descia em um veículo Fiat Uno a Rua Alexandre Schiavon, quando foi atravessar a Avenida Oswaldo Cruz para subir a Rua Azis Murad foi atingido na lateral por um Fiat que era conduzido por Cristiano dos Santos Honorato de 21 anos. Segundo populares seguia em alta velocidade. Além dele estava no carro um adolescente de 12 anos.
O policial teve a visão comprometida, já que havia um veículo que estava estacionado do lado central da via, a menos de cinco metros de distância da esquina. Com o impacto da batida, o carro do PM Ribeiro que estava de folga, foi parar a cerca de 10 metros atingindo de frente um poste de iluminação pública.
Os três foram socorridos e levados para o PAM, atendidos e liberados. O dono do veículo que estava estacionado irregularmente foi multado.

sábado, 1 de novembro de 2014

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

É um aposentado de 76 anos de Três Pontas, o senhor atropelado e morto na MG 167

De acordo com a irmã do aposentado, Uelma Grande, ele fazia tratamento psiquiátrico e morava há muitos anos em Três Pontas, junto com um irmão que faleceu a exatamente 15 dias. Uelma levou ele para morar com ela em Varginha a três dias, no bairro Nossa Senhora das Graças. Talvez ainda sentindo a falta do irmão com quem vivia há anos, ele saiu durante a noite de quarta-feira (29), sem que ninguém percebesse e pegou estrada e estaria voltando para casa na Rua Padre Artur Costa Campos, no bairro Aristides Vieira, onde morou.
Uma sobrinha assistiu a reportagem produzida pelo Programa Balanço Geral da Rede Record, apresentado por Fabiano Thibé e contactou a família que veio para Três Pontas.
O corpo foi encontrado por volta das 6:30 da manhã por um sargento do Corpo de Bombeiros de Varginha que passava pelo local, próximo a Fazenda Pedra Negra. Ele parou para dar socorro ao homem que estava caído no acostamento da rodovia, na pista sentido Três Pontas, mas ele já estava morto, com um corte profundo na cabeça. Como não portava nenhum documento, ele foi levado para a Funerária Cônego Victor, onde a família o identificou. Não há informação de quem teria atropelado seu Gildenor e não prestado socorro.

Corpo de senhor atropelado na MG 167 não foi identificado

O corpo de um senhor foi encontrado por volta das 6:30 da manhã desta quinta-feira (30), as margens da rodovia MG 167, entre Três Pontas e Varginha. Foi um sargento do Corpo de Bombeiros de Varginha que passava pelo local, próximo a Fazenda Pedra Negra que parou para dar socorro, mas o homem caído no acostamento da rodovia, na pista sentido Varginha- Três Pontas já estava morto. A suspeita é que ele tenha sido atropelado.
A Polícia Militar Rodoviária Estadual foi chamada e acionou a Perícia da Polícia Civil, porém, nenhum documento ou algo que possa identificá-lo foi encontrado com ele. Um morador que mora em uma propriedade próxima disse que não o conhece. Nos bolsos apenas uma chave, algumas moedas e um pacote de tabaco. No local havia muito sangue e uma pequena marca de frenagem na pista. No corpo há um grande ferimento profundo na cabeça do homem.
Ele usava duas camisetas, uma azul, uma com listras brancas e preta, uma camisa e calça Adidas preta. Um chapéu cinza também foi encontrado próximo do corpo.
O corpo foi levado para a Funerária Cônego Victor que vai aguardar a identificação. Qualquer informação pode ser obtida pelo telefone 3265-8225 ou pelo celular 9961-3867.


Câmara promove noite especial de homenagens para militares de Três Pontas

A Câmara Municipal de Três Pontas realizou na noite desta segunda-feira (27), sessão solene para a entrega de Moções de Aplausos e Título de Cidadania Honorária, especial para Policiais Militares, que se destacaram em suas funções e tiveram seus nomes aprovados após votação pelo Plenário Presidente Tancredo Neves. Estes foram agraciados também na solenidade de comemoração dos 239 anos da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais celebrados no dia 09 de julho deste ano. A honraria militar, reconheceu estes policiais militares, que no decorrer da carreira, tem prestado bons e leais serviços à comunidade, preservando uma ficha exemplar dentro dos valores da ética e da disciplina da Corporação.
O diretor geral e o diretor de segurança do presídio de Três Pontas Washington Fonseca Borges e  Marco Aurélio Bispo da Silva, familiares, convidados e militares que trabalham na cidade, prestigiaram a cerimônia, promovida após a sessão ordinária de votação. A noite foi aberta com a execução do Hino Nacional Brasileiro, feita no saxofone pelo músico trespontano Wander Scalioni.
A partir daí, começaram a ser entregues os diplomas aos 9 homenageados. Após o recebimento, todos falaram rapidamente e só tiveram palavras de agradecimento. O grande anfitrião foi o presidente da Câmara vereador Sérgio Eugênio Silva (PPS), que indicou 6 dos militares. Os outros foram indicações feitas pelo vice presidente Luis Carlos da Silva (PPS), Vitor Bárbara (PDT) e Edson Vitor Nascimento “Piu” (PMN).
O primeiro a receber sua placa, foi o comandante da 151ª Companhia de Polícia Militar, o 1º Tenente Bruno Neves Tavares, homenageado pela PMMG com a Comenda Alferes Tiradentes em reconhecimento ao profissionalismo e compromisso com a instituição, sendo motivo de orgulho para toda a 6ª Região da Polícia Militar. A Medalha Alferes Tiradentes é a maior comenda da Instituição e constitui-se numa referência ao Protomártir da Independência do Brasil e foi inspirado na significativa história de Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes, cujo valor e exemplo de acendrado amor à Polícia transcendem as fronteiras do tempo.

Em seguida foram chamados os terceiros sargentos que atuam em Três Pontas, um a um. José Roberto dos Santos, Adenilson Martins, José Juvenil da Silva pelo recebimento da Medalha do Mérito Militar Grau Prata e o cabo Walter Afonso Simão que recebeu a de Grau Bronze. Configurada nos grau bronze, prata e ouro, esta comenda alcança os servidores com 10, 20 e 30 anos de carreira, emoldurada por bons serviços prestados e a uma conduta modelar.

O Sargento da Reserva Geraldo Custódio Pereira foi reconhecido, sendo lhe entregue a Medalha do Mérito Militar por ser o militar mais antigo da 6ª Região. Ele está aposentado a 34 anos. Conhecido popularmente como Cabo Geraldo, comentou que se sente feliz por ainda ser lembrado e, pediu à Deus, que abençoe seus companheiros de farda, que enfrentam uma caminhada cheia de espinhos.
O homenageado com o Título de Cidadania Honorária Trespontana, foi o Sargento Mauro Sérgio de Oliveira Teixeira. Natural do Rio de Janeiro, Mauro trabalha em Três Pontas desde 1993 e completa em 2014, 21 anos de polícia. Ele é casado com a trespontana Joeli Teodoro Teixeira há 20 anos e é pai de um casal de filhos de 6 e 13 anos. A homenagem foi proposta por Vitor Bárbara e aprovada em setembro de 2013.

O último militar homenageado pela Câmara, foi o soldado Francis Fernandes Braga. A homenagem dele é a que foi aprovada há mais tempo, em janeiro de 2013. Fernandes como é chamado, teve um ato de heroísmo e humanitário ao salvar um motorista que sofreu um acidente na MG 167 e estava preso no veículo, ao sair da pista e cair em um brejo entre Três Pontas e Varginha, no dia 17 de janeiro do ano passado. Se não fosse sua ação rápida, o condutor poderia ter perdido a vida. O caso veio a tona em reportagem publicada pela Equipe Positiva e sensibilizado com a iniciativa do policial, Edson Vitor resolveu homenageá-lo.

Também foi homenageado o aluno do Curso de Habilitação para Oficiais (CHO) Sanges Marques Guimarães pelo seu trabalho realizado no Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), quando foi lançado em 2003. Como nem ele, nem o vereador que o indicou Luis Carlos da Silva puderam comparecer, o Tenente Bruno Neves recebeu a placa do vereador Francisco Fabiano Diniz, o Popó.
PM atendeu em um ano mais de 60 mil chamados emergentes
Os números da atuação da Polícia Militar em Três Pontas chamaram a atenção e demonstra a carga de trabalho da corporação, cumprindo funções e fazendo jus a uma avaliação justa baseada em evidências objetivas, como apresentou Tenente Bruno. O comandante focou sua fala em dois pontos, as duas polícias – a que temos e a policia que queremos.
A polícia que temos é a que sai todos os dias as ruas para proteger as pessoas, combater o crime, preservar a ordem e fazer cumprir a lei. Aquela que em um ano atendeu mais de 60 mil chamados emergentes, realizou mais de 11 mil intervenções policiais, prendeu mais de 1.000 pessoas em flagrante, abordou mais de 5 mil pessoas devidamente acertadas, no afã de tirar armas, drogas e criminosos do seio da sociedade. Nos últimos 12 meses mais de 60 pessoas foram presas por envolvimento no tráfico de drogas. No mesmo período, foram quase 40 quilos de drogas encontradas. A este destaque, é que a Companhia recebeu uma homenagem da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais pelo combate ao tráfico de drogas.
A Polícia Militar, que os próprios militares querem é a que possa ter o reconhecimento e serem vistos como verdadeiros agentes de proteção da sociedade. Por isto, a corporação trabalha diuturnamente para que isto se torne realidade. “O que pedimos é justiça… justiça na avaliação do nosso trabalho e da nossa contribuição para a sociedade. O que pedimos é um justo julgamento do nosso papel e do nosso trabalho, nada mais que isto”, destacou o comandante da Companhia de Polícia que usou a Tribuna para agradecer e distribuir com toda a corporação os resultados obtidos, disse Bruno Neves.

ENTREVISTA “Existem 54 pessoas deficientes incluídas no trabalho formal em Três Pontas”, afirma diretora da APAE

As raízes históricas e culturais do fenômeno “deficiência” sempre foram marcadas por forte rejeição, discriminação e preconceito. Porém, as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais, as APAES, sempre foram as grandes percussoras da inclusão das pessoas com deficiências, quebrando paradigmas e buscando soluções alternativas para que, principalmente as crianças, com deficiência intelectual ou múltipla, alcancem condições de serem incluídas na sociedade, com garantia de direitos como qualquer outro cidadão.
Nesta quarta-feira (29), o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, a diretora da APAE de Três Pontas e Conselheira da Regional Sul II Maria Rozilda Gama Reis (foto), falou sobre os avanços e disse que há motivos, sim, para comemorar, já que a cada ano melhora as políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência. Na direção da entidade há muitos anos, ela se sente vitoriosa, ao ver que o Plano Nacional de Educação foi aprovado, o que impediu o fechamento das APAE’s e garantiu também o financiamento das escolas especiais.
A APAE atende atualmente 433 pessoas de todas as idades e conta com 91 funcionários, sendo destes, 14 na Área Azul.

ENTREVISTA

ROZILDA GAMA REIS – DIRETORA DA APAE DE TRÊS PONTAS 
A APAE está realizando atividades alusivas ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. Existem motivos a comemorar?
Rozilda Gama – Sim, a cada ano as políticas públicas são mais voltadas para as pessoas com deficiência. As pessoas com deficiência estão mais conscientes e são protagonistas da sua própria história. E comemoramos todas as vitórias. A última e expressiva vitória foi a aprovação do Plano Nacional de Educação, impedindo o fechamento das APAE’s, garantindo também o financiamento das escolas especiais.
Existem números de deficientes em Três Pontas?
Além dos 433 que a APAE atende, temos a Associação dos Deficientes cadastrados, fora aqueles deficientes que declararam deficiente segundo o censo 23% no país e muitas vezes não procuram atendimento, não temos estes dados tabulados. Temos o Conselho dos Deficientes que já foi cogitada a possibilidade de levantarmos um diagnóstico em nosso município para sabermos em que situação se encontra. Portanto existem pessoas com deficiência sem o devido atendimento.
Quais os tipos de deficiência e mais comuns?
A APAE tem como público alvo: deficientes intelectuais. Para a Instituição ter o usuário ou aluno em seu cadastro este deve ter a deficiência Intelectual é claro que realizamos atendimentos a alguns alunos que não tem a DI como os Deficientes físicos, isso pelo fato de não haver outro instituição para atender de acordo com a especificidade da deficiência.
Quem pode ser considerado deficiente?
Deficiente “somos todos nós”… sempre com alguma limitação e isto é o bonito em uma sociedade, não há ninguém que não possua alguma limitação!
Qual a deficiência mais difícil de ser lidada?
Não existe a mais difícil de ser lidada, trabalhamos com comportamentos que advém do diagnóstico ou não; e às vezes por uma falta de conhecimento da patologia o retorno ao tratamento é mais lento.
As famílias hoje aceitam e cuidam mais das crianças com deficiências?
Interessante como as famílias conscientizaram da importância do conhecimento com relação às deficiências, quanto mais conscientes e interessadas às famílias são, melhores resultados obtêm com o usuário e ou aluno.
O tratamento às pessoas com deficiência melhorou nos últimos anos?
Embora estejamos caminhando, para o que consideramos melhora… Mais a evolução foi impressionante, “as APAEs sempre tiveram coragem para enfrentar desafios ganhando a confiança da população o que nos garantiu autonomia e identidade ao longo de 06 décadas da existência do movimento no Brasil”. Não se compara como as coisas a cada ano estão melhorando e melhorando principalmente a qualidade de vida e autonomia dessas pessoas.
Os deficientes estão sendo mais inseridos nas escolas comuns e no mercado de trabalho. Existe ainda receio quanto a isto?
O papel da APAE é prepará-los para uma inclusão mais cedo por isso à instituição antenada com a inclusão inserimos a creche em nossos programas de Educação Infantil temos estrutura e corpo docente aptos, especializados e treinados para encaminhamento à rede comum. Com relação ao receio referente à inclusão: Nenhuma escola pública ou particular pode recusar o aluno em razão da sua deficiência configura crime, tipificado no artigo 8º, I, da Lei federal 7.853/1989. Com relação ao mercado de trabalho, atualmente temos 54 pessoas com deficiência, incluídas no mundo do trabalho formal. O que mais me emociona e sempre digo é saber que muitas vezes, estes que foram os excluídos pela família no passado, hoje são os provedores do lar é fascinante…
A acessibilidade às pessoas com deficiência está o ideal?
Ideal não! Há muito que se fazer… proporcionar as pessoas com deficiência segurança e autonomia, total ou assistida dos espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, das edificações, dos serviços de transporte e dos meios de comunicação e informação são acessibilidade que precisamos persistir na escola, no lazer, na saúde, na comunidade. Enfim para que a acessibilidade aconteça é necessário à união dos poderes, instituições, famílias e usuários defendendo os interesses para que de fato possam ter uma vida próxima da normalidade… Sustentando a nossa luta em defesa das pessoas com deficiência, buscando sustentabilidade financeira, novas tecnologias e promover a Qualidade de vidas das Pessoas com deficiência.
Considerações finais.
Agradeço pela oportunidade de estar novamente divulgando o trabalho em prol das pessoas com deficiência.